SLIDE

Pedofilia: Arcebispo diz que ele não tinha certeza "que era ilegal" ter sexo com crianças

O Arcebispo de St. Louis, Robert Carlson, declarou no mês passado que realmente não sabia que era ilegal para os padres ter relações sexuais com crianças.
Isto, disse ele, em um esforço para explicar por que foi ele não fez nada para impedir tais crimes, enquanto ele serviu como chanceler da arquidiocese de St. Paul e Minneapolis.
arcebispo-robert-carlson

Carlson deu um depoimento em uma ação judicial contra a arquidiocese Minnesota e da Diocese de Winona. O processo alega que ambos foram responsáveis, em parte, para os crimes cometidos contra as crianças - e eram culpados de ser uma perturbação da ordem pública - devido à sua recusa em divulgar informações sobre padres abusadores.

Hoje, Carlson tem 69 anos de idade. Ele está enfrentando uma ação judicial abusos do clero adicional na Arquidiocese de St. Louis, onde ele serviu como arcebispo desde 2009.
Documentos judiciais revelam que cerca de 100 sacerdotes e funcionários da igreja foram acusados ​​de abuso sexual e Carlson ajudou a cobrir tudo.
Agora, o Supremo Tribunal Missouri ordenou que a arquidiocese desse todos os nomes relacionados a esses casos de abuso.
Carlson tentou defender suas ações, e não  queria depor até  que foi obrigado sob ordem judicial. Em sua declaração bizarra em resposta à ação judicial Minnesota que foi acusado por um homem que disse ter sido abusado por um padre nos anos 1970, Carlson disse aos advogados da acusação que ele simplesmente não sabia que sexo com crianças era ilegal.
"Eu não tenho certeza se eu sabia que era um crime ou não", Carlson tentou convencer os advogados. "Eu entendo hoje que é um crime."
Quando perguntado especificamente se ele entendia que era um crime, em 1984, ele disse: "Eu não tenho certeza se eu fiz ou não fiz."
"Apesar de não ser capaz de recordar o seu conhecimento da lei exatamente como era há muitas décadas atrás, o arcebispo deixou claro que ele sabe que o abuso sexual de crianças é um crime hoje", disse o porta-voz Gabe Jones de Carlson. "A questão não trata de postura moral do arcebispo sobre o pecado da pedofilia, que tem sido de que é um crime mais notório."
Fonte: 
http://countercurrentnews.com/2014/06/archbishop-claims-he-wasnt-sure-it-was-illegal-for-priests-to-have-sex-with-children/


0 comentários: