SLIDE

Conheça Todos os Benefícios do Amendoim e seus Derivados

Você sabia que o amendoim é excelente para saúde? Veja abaixo os mais variados benefícios do amendoim para sua saúde, incluindo perder peso, ganhar massa e suprir seu organismo com uma série de nutrientes e vitaminas essenciais.
Amendoim
Nos próximos 25 anos, o amendoim pode deixar de ser visto como um mero tira-gosto e se tornar um dos alimentos mais importantes do mundo. Pelo menos é o que acreditam cerca de 100 especialistas de mais de 10 países que estiveram reunidos até ontem, em Brasília, na 5ª Conferência Internacional da Comunidade Científica de Amendoim, promovida pela Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia (Embrapa/Cenargen). Em três dias de encontro, eles apresentaram e debateram pesquisas de melhoramento das variedades de um dos petiscos mais consumidos no planeta.
Genuinamente brasileiro, o amendoim é uma das leguminosas produtoras de grãos mais plantadas no mundo. Devido ao seu alto conteúdo de proteína e óleos insaturados, tem papel fundamental na alimentação dos povos de países da América Latina, da África e da Ásia. Além disso, cumpre um importante papel social, garantindo a segurança nutricional e a sustentabilidade da agricultura em áreas áridas e semiáridas de diversas nações, inclusive o Brasil. Na África, por exemplo, ajuda a combater a desnutrição de crianças (leia abaixo).
O que faz os especialistas acreditarem que o grão pode adquirir um papel mais central na alimentação mundial são algumas de suas características. A qualidade do óleo do amendoim é superior ao do azeite de oliva, o que pode ajudar na prevenção de doenças cardíacas. Além disso, os grãos apresentam grandes concentrações de vitamina E — um antioxidante que previne câncer, diabetes e doenças autoimunes — e de proteína, podendo substituir a carne em países onde há escassez desse alimento.

Bom para a saúde

Não é à toa que o mercado internacional se interessa tanto por esse grão. Ele pode se tornar mais importante, em termos alimentares, do que a soja”, aposta a pesquisadora da Embrapa/Cenargen Soraya Bertioli, uma das coordenadoras da conferência. Segundo Howard Valentine, diretor executivo do American Peanut Council (APC), estudos clínicos feitos nos Estados Unidos mostram que pacientes que consomem uma porção do grão por dia têm menor chance de desenvolver males como o diabetes. “Em 25 anos, será necessário que o mundo dobre a produção de amendoim”, acredita Valentine.
Origem
O amendoim é uma planta originária da América do Sul, com provável centro de origem nos vales dos rios Paraná e Paraguai. As primeiras descrições do uso do grão revelam que ele era muito utilizado pelo índios brasileiros. No século 18, o amendoim foi introduzido na Europa. No século 19 difundiu-se do Brasil para a África e do Peru para Filipinas, China, Japão e Índia.

Benefícios dos amendoim

Ácidos graxos monoinsaturados: Conhecidos como gorduras do bem, os ácidos graxos monoinsaturados contribuem para diminuir a oxidação, aumentar a captação do colesterol ruim (LDL) pelo fígado e elevar as taxas do colesterol bom (HDL). O LDL, em excesso no sangue, provoca aumento na deposição de placas de gordura nas artérias, o que impede o fluxo de sangue; já o HDL tem a função de transportar o colesterol dos tecidos para o fígado. Esse processo é fundamental para evitar o aparecimento de doenças cardiovasculares, como a aterosclerose (entupimento das artérias).
Gordura: Importante ao corpo por ser fonte concentrada de energia, servir de transporte e absorção das vitaminas lipossolúveis (insolúveis em água), além de ser precursora de diversos hormônios e proteger as membranas celulares.
Omega-3: Reduz, moderadamente, os níveis de triglicérides no sangue e a pressão arterial. Junto ao Omega-6 previne o envelhecimento, por funcionarem como renovadores celulares.
Magnésio: Importante para a circulação, fortalecimento dos músculos, e para cicatrizações; essencial para o sistema nervoso e para afastar o estresse.
Cálcio: Fortalece a estrutura óssea e previne osteoporose. Deve ser sempre consumido em conjunto com o magnésio.
Vitamina E: Nutriente famoso pela ação de antioxidante, ou seja, de combate ao excesso de radicais livres e prevenção de tumores. E, ainda, é responsável por aumentar a resistência dos músculos ao reduzir dores e preservar o sistema imunológico.
Vitaminas do complexo B: Essenciais ao sistema nervoso são auxiliares na digestão, além de afastarem o mau humor por ajudarem na formação de neurotransmissores como a serotonina, que é sinônimo de bem-estar.
Omega-6: Renovador celular, prevenindo o envelhecimento precoce.
Selênio: Eficácia na redução do estresse celular, físico e emocional.
Ferro: Importante na dieta de gestantes, pois ajuda na formação do sistema nervoso do bebê, bem como no crescimento do feto, além de reduzir infecções comuns na gravidez. Também é extremamente importante ao longo da vida toda, pois é parte das células vermelhas e sua carência é diagnosticada como anemia.
Ácido fólico ou folato: É essencial para a formação correta do sistema nervoso do feto.
Fósforo e Potássio: Ajudam a afastar a fadiga e dão pique total para quem pratica atividades físicas. O fósforo ajuda na formação dos ossos e é fundamental na constituição do rim. Já o potássio, melhora a contração muscular e é um aliado para quem pratica exercícios físicos.
Sem colesterol: Mesmo com alto valor calórico, não contém colesterol por ser de origem vegetal.
Gorduras monoinsaturadas: Ajudam a perder peso, pois são responsáveis por manter o nível de açúcar no sangue estável e ativar o metabolismo da queima de gorduras, além de ajudar a converter os estoques de gordura corporal em energia.
Fibras: Geram saciedade e ajudam no emagrecimento.
A favor da beleza: Além de ser um alimento que possui renovadores celulares e proteger contra o envelhecimento precoce, ter ação anti-inflamatória e a proteger os vasos sanguíneos, combatem o enfraquecimento de unhas e cabelos, regulando a oleosidade e afastando dermatites e seborreia.

Óleo de amendoim previne colesterol e é rico em vitaminas



Rico em vitamina E e Ômega 6, nutrientes que previnem a formação de radicais livres, o óleo de amendoim é uma opção de gordura vegetal que ajuda na diminuição do LDL (colesterol ruim). Além de fazer bem ao coração e ainda ajudar a prevenir o envelhecimento, o óleo derivado do grão de amendoim reserva muitos outros benefícios, entre eles o de não ser contra indicado a pessoas alérgicas e possuir o número de calorias comum a qualquer óleo.
A favor do coração
Por ser de origem vegetal, o óleo de amendoim não tem colesterol e se destaca pela grande quantidade de gorduras monoinsaturadas, capazes de prevenir a formação de coágulos nas artérias, evitando doenças cardíacas. Segundo o engenheiro de alimentos, Rafael Bedore, o consumo de óleo de amendoim está relacionado à redução dos níveis de colesterol ruim (LDL) no sangue, sem diminuir a quantidade do colesterol bom (HDL) – o que atua na redução do risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares. “Quando em excesso, o LDL aumenta a deposição de placas de gordura nas artérias, impedindo o fluxo de sangue. Os ácidos graxos do óleo de amendoim contribuem para diminuir a oxidação e aumentar a captação do LDL pelo fígado. Na prática, isso significa menos risco de entupimento das artérias”. De acordo com Bedore, o óleo de amendoim também atua na prevenção de doenças neurológicas, estimulando o sistema imunológico e o sistema nervoso.
Fonte da juventude e do sorriso
Outro aspecto essencial do óleo de amendoim, segundo Bedore, é o fato de ele ser rico em vitamina E e ômega-6. O primeiro é um nutriente antioxidante que fortalece as células e, assim, atua contra o envelhecimento precoce; o outro, um renovador celular. “A vitamina E impede a proliferação exagerada dos radicais livres, grandes inimigos da saúde, e atua também na regeneração de todos os tecidos do organismo, além de inibir processos inflamatórios e aumentar a resistência dos músculos, das unhas e dos cabelos, ressalta o profissional. O óleo também possui vitaminas do complexo B, que afastam o mau humor”.
Alimento mais nutritivo
Sem cheiro ou sabor, o óleo de amendoim é mais resistente do que os demais óleos e azeites, inclusive, quando exposto a altas temperaturas. “Enquanto outros tipos de óleos vegetais e até mesmo o azeite extra-virgem passam a perder nutrientes quando aquecidos ao calor superior à 180º, como é o caso da fritura, o óleo de amendoim resiste a 220º, perdendo, portanto, menos nutrientes e deixando os alimentos menos carentes de seus compostos naturais. Isso significa que o óleo de amendoim é mais resistente à oxidação do que os demais, além de não engrossar, não soltar fumaça nem escurecer durante o processo de fritura”, explica Bedore.

Benefícios do Amendoim torrado para a saúde

De vilão (no passado) o amendoim passou a mocinho devido aos muitos benefícios do amendoim torrado para a saúde. Ele é de fato muito calórico como se sabe. Em apenas 100 g de amendoim, há quase 600 calorias. Bastante, né? Mas os benefícios desse alimento (amendoim faz bem pra quê) já são notados com o consumo de apenas 30 g, ou seja, se consumir uma pequena porção de amendoim por dia, você só estará ingerindo acerca de 180 calorias.
Benefícios do Amendoim torrado
Supre parte da necessidade proteica diária dos veganos (vegetarianos estritos)
Benéfico para a formação do tubo neural do bebê, devido ao ácido fólico
Protege contra doenças cardiovasculares por combater colesterol ruim e triglicérides
Amendoim pode emagrecer, pois garante a saciedade por mais de duas horas.
Propriedades nutricionais do amendoim
Proteínas, ácido fólico, zinco, ácidos graxos poliinsaturados e vitamina E. Todas estas substâncias fazem muito bem à saúde e atuam em diversos níveis de benefícios para o corpo.
Talvez sua maior fama de ser um alimento com muitos benefícios seja sua alta concentração de ácidos graxos poliinsaturados que protegem o organismo contra doenças cardiovasculares, já que diminuem os níveis de colesterol ruim (LDL) e triglicérides no sangue.
Mas quanto comer de amendoim para obter seus benefícios?
30 g diárias de amendoim já garantem que todos os benefícios do amendoim torrado ou cru sejam aproveitados. E é bom lembrar que suas propriedades se equivalem às das nozes e castanhas, com a diferença de o amendoim ter um preço muito mais acessível.

Benefícios da Manteiga de Amendoim

1 – Manteiga de amendoim é extremamente nutritiva
A manteiga de amendoim é absolutamente nutritiva. Apenas duas colheres de sopa contém quase 3mg de vitamina E, um poderoso antioxidante que auxilia na reparação da pele, entre outros processos estéticos importantes, além de ajudar a prevenir doenças cardíacas e doença de Alzheimer.
É também fonte de de magnésio (cerca de 49mg) , potássio (cerca de 210mg) e uma variedade de outras vitaminas, todas as quais desempenham um papel vital na manutenção de um corpo saudável. Houve até um estudo da Harvard Health Nurses que descobriu que comer apenas uma colher de sopa de manteiga de amendoim (ou qualquer tipo de nozes, como amêndoas) cinco ou mais vezes por semana pode reduzir o risco de desenvolver diabetes do tipo dois em 21%.
2 – Manteiga de amendoim pode ajudar a perder peso
A manteiga de amendoim possui uma reputação um pouco negativa como um alimento que engorda, ela contém cerca de 188 calorias em 2 colher de sopa, e pode parecer um pouco contraditório dizer que este alimento pode realmente ajudar você a perder peso, mas não é.
Apesar de calórica, a manteiga de amendoim é rica em fibras e proteínas. Cada porção contém cerca de 8g de proteína e 2g de fibras. Para você ter noção da importância deste alimento, é recomendado consumir algo em torno de 18-23 gramas de fibra por dia, dependendo da pessoa.
As fibras possuem um papel importante na dieta, uma vez que atuam diretamente na digestão e no bom funcionamento do intestino. Alcançar a porção diária recomendada de fibras ajuda a proteger contra diversas doenças, como doenças cardíacas, câncer e diabetes. A fibra também desempenha um outro papel importante para aqueles em uma dieta de restrição calórica: ela cria uma sensação de saciedade e ajuda a reduzir o apetite .
3 – Manteiga de amendoim pode ajudar você a ganhar peso
Este fato parece contradizer o último ponto, mas quando se fala sobre o ganho de peso, é aquele que todas queremos: músculo em vez de gordura.
Por ser tão rica em proteínas, a manteiga de amendoim é um alimento fantástico para fisiculturistas e aqueles que procuram ganhar peso. Como muitas já sabem e já falamos aqui no blog diversas vezes, a proteína é essencial para construir e reparar os músculos e todos os indivíduos que procuram construir massa muscular devem estar em uma dieta rica em proteínas.
Claro que o amendoim não é tão rico em proteínas como peito de frango ou peixe, mas se você combiná-lo com duas fatias de pão enriquecido com nutrientes e um copo de leite, você provavelmente vai estar consumindo cerca de 30 gramas de proteína e alguns carboidratos de ótima qualidade também.
Manteiga de amendoim também é bastante barato, especialmente quando feita em casa. (Veja receita)
4 – Manteiga de amendoim contém gorduras saudáveis
Vivemos em um mundo onde as pessoas tem medo de gordura, mas já falamos aqui no blog sobre o Mito do Consumo de Gordura. Ela é um dos três principais macronutrientes (gorduras , proteínas e carboidratos), e é absolutamente essencial para manter a saúde. O problema é que fast foods mais comuns e lanches são cheios com tipos não saudáveis ​​de gordura em enorme quantidade.
A manteiga de amendoim é diferente, é repleta de gorduras monoinsaturadas e poliinsaturadas, que são consideradas gorduras saudáveis ​​para o coração. As gorduras monoinsaturadas também agem para diminuir a gordura da barriga e reduzir as chances de sofrer de síndrome metabólica.

Receita Caseira de Manteiga de Amendoim

Ingredientes:
500g de amendoim torrado, sem casca e sem pele
150ml de óleo vegetal
1 colhe de sopa de açúcar mascavo
Como fazer:
1. Bata o amendoim torrado e sem pele no liquidificador até ele ficar totalmente moído, em grãos muito pequenos.
2. Misture lentamente o óleo vegetal. Vai ser necessário parar o processo de mistura no meio para mexer com uma colher o amendoim que já estará dentro do liquidificador, pois ele tende a se acumular nos cantos e embaixo, dificultando a mistura com o óleo vegetal.
3. Após misturado o amendoim com o óleo vegetal, misturar o açúcar mascavo. Pode ser misturado no liquidificador ou à mão, já dentro do pote em que será guardado para ser consumido.
Pronto! Agora é só deixar na geladeira até esfriar e consumir a manteiga de amendoim da maneira que preferir! Bom apetite!
Dicas de consumo para manteiga de amendoim:
- No topo de panquecas integrais;
- Experimente colocar manteiga de amendoim em uma fatia de pão integral e geléia de morango light em outro. Fica ótimo!
http://mdemulher.abril.com.br/saude/reportagem/alimenta-saude/conheca-beneficios-amendoim-752725.shtml

0 comentários: