SLIDE

Doleiro preso fez depósitos de R$ 50 mil a Fernando Collor



A Polícia Federal encontrou no escritório do doleiro Alberto Youssef oito comprovantes de depósitos para o ex-presidente e senador Fernando Collor de Mello (PTB-AL) que somam R$ 50 mil. Os depósitos, feitos em dinheiro vivo, foram feitos nos dias 2 e 3 de maio do ano passado.

A informação consta de despacho enviado nesta quinta (22) pelo juiz federal Sérgio Moro, do Paraná, ao ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal. Nele, o magistrado comunica a remessa de todos os autos e material apreendido pela Operação Lava Jato ao Supremo, obedecendo a uma ordem do ministro.

Zavascki determinou a remessa de todos os processos para averiguar se a Justiça Federal investigou parlamentares, que têm foro privilegiado.

O juiz frisa no despacho que não investigou os depósitos a Collor nas oito ações penais que foram abertas com a operação: "Observo que não há qualquer indício de envolvimento do referido parlamentar nos crimes que já foram objeto das aludidas oito ações penais propostas".

Moro diz também que desconhecia a eventual relação de Collor com o doleiro e que os depósitos foram encontrados por acaso.
http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/05/1458563-doleiro-preso-fez-depositos-de-r-50-mil-a-fernando-collor.shtml

0 comentários: