SLIDE

Alexandre Garcia critica a farsa do Mais médicos, criada para financiar a ditadura cubana

Alexandre Garcia critica a farsa do Mais médicos, criada para financiar a ditadura cubana
Alexandre Garcia comenta as reais intenções do mais médicos (25/08/2013), mais um programa para beneficiar o ditador Fidel Castro. Um programa que mantem profissionais em regime precário no Brasil, ganhando menos do que um trabalhador braçal brasileiro e tornando Fidel cada vez mais rico. São milhares de médicos cubanos no Brasil, segundo o governo, uma ação salvadora para os problemas da saúde no país. Então é isso? O problema da saúde é a falta de médicos? Então porquê pessoas morrem por falta de leito no SUS? Por quê pessoas morrem devido a precariedade e falta de mecanismos do SUS. A estrutura do SUS está ótima, não é?

Para se ter uma ideia das ações maquiavélicas deste programa, o médico fica com menos de um salário mínimo, R$ 700 reais, enquanto o governo brasileiro manda R$ 7 mil por médico para os cofres da ditadura cubana. Isso é pra melhorar a saúde do brasileiro, ou pra manter o Bolso de Fidel cheio?
Veja a crítica de Alexandre Garcia na íntegra:




0 comentários: